Publicado por: jSaggiomo | 04/10/2010

Cadeirante teve que exigir o direito de votar

Seção mudou para 2º andar e elevador não estava funcionando.

Uma cadeirante teve que exigir o direito de votar ao chegar à zona eleitoral na manhã de hoje (3), em Uberlândia. É que a seção em que a dona de casa Mizair de Fátima da Cruz, 34 anos, vota, mudou para o segundo andar. E, como o elevador da instituição estava estragado, a dona de casa foi orientada a preencher um Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE).

O caso ocorreu na Escola Municipal Professora Stella Saraiva Peano (Caic Guarani), no bairro Guarani, na zona oeste da cidade. A cadeirante chegou ao local as 11h30. A mulher não admitiu preencher o formulário e exigiu o direito de exercer a cidadania pelo voto. Às 15h o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) autorizou que a urna da seção fosse levada ao primeiro andar para que a eleitora votasse.

Correio de Uberlandia
Gislene Tiago / Repórter


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: