Publicado por: jSaggiomo | 04/10/2010

Sem acessibilidade na escola, deficiente de Bauru enfrenta escadaria para votar

Daniela Cavalari Ferraz faz esforço para poder votar
Daniela Cavalari Ferraz faz esforço para poder votar

Deficiente física desde o nascimento, Daniela Cavalari Ferraz, 38 anos, mora há 30 anos no Jardim Bela Vista. É no bairro que ela vota em todas eleições, ao lado dos pais, na escola estadual José Guedes de Azevedo.
É difícil para Daniela. Ela usa muletas, tem dificuldade para caminhar e, na escola, precisou subir dois lances de escada para votar.
Toda eleição é a mesma coisa. Os pais dela reclamam, dizem que a escola precisa ter acessibilidade.
Da próxima vez, Daniela pensa em pedir a transferência de seu título para um local mais acessível, como o Colégio São José, que é particular e tem elevadores.
O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) informa que o Estado de São Paulo tem 6.325 seções acessíveis para pessoas com necessidades especiais.
Este ano, o prazo para o eleitor transferir seu título para uma seção especial terminou dia 5 de maio.

Fonte: Rede BOM DIA
Juliana Lobato/Agência BOM DIA


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: