Publicado por: jSaggiomo | 20/04/2011

Imprudência teria causado acidente que matou zelador em elevador de Blumenau

Roberto Tillmann transportava uma porta sobre o teto do equipamento.

A intenção do zelador Roberto Tillmann, 51 anos, ao transportar uma porta de madeira em cima do teto do elevador era fazer o serviço dele: cuidar do Edifício Império, onde trabalhava há mais de 10 anos. Porém, a forma escolhida para executar a tarefa acabou matando o trabalhador em um acidente.

Segundo o sargento do Corpo de Bombeiros, Evandro de Mello do Amaral, Tillmann e mais um colega transportavam uma porta de madeira do 14º andar para a garagem sobre o teto do elevador. Ao chegar, tiveram que parar no meio do andar para retirar a porta. O amigo de Tillmann conseguiu sair, mas logo em seguida o equipamento foi acionado e começou a subir. Conforme o Instituto Geral de Perícias, o zelador caiu e ficou entre a parede e o elevador. Ele foi arrastado até o 14º andar e morreu no local. O IGP concluiu que o elevador não tinha problemas técnicos.

Os bombeiros ainda não conseguiram saber o que ocorreu sobre o teto do equipamento, fazendo com que Tillmann caísse entre as paredes do elevador e do poço.
Para o major Evandro, os funcionários do edifício não mediram as consequências do que faziam e o quanto seria perigoso. De acordo com as normas de segurança, é expressamente proibido para qualquer pessoa ficar sobre o teto de um elevador. Somente aos técnicos da empresa responsável pela fabricação e manutenção é permitido entrar no fosso dos elevadores e manusear o equipamento.

_ As pessoas têm o hábito de chamar o Corpo de Bombeiros para atender ocorrências em elevadores e nós até vamos, mas se constatarmos que se trata de um problema mais grave, chamamos a empresa responsável _ completou o major.

Indignação é o sentimento do síndico do Edifício Império, Régis Evaloir da Silva. Ontem ele passou a tarde registrando a ocorrência do acidente e encaminhando o velório do zelador. Tillmann trabalhava no prédio há dez anos e era muito querido por todos.

_ Foi uma imprudência, não sei porque ele fez isso. Acabou tirando a própria vida _ disse o síndico.

Silva afirmou que desconhece se esse sistema para carregar coisas grandes já tinha sido utilizado no prédio. E conta que todos os moradores do edifício estão em estado de choque em função do acidente.

O titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Blumenau, Waldir Padilha, diz que será instaurado inquérito para investigar o acidente. Segundo ele, serão coletados depoimentos e em até 30 dias a investigação será encerrada.

Fonte: Jornal de Santa Catarina


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: