Publicado por: jSaggiomo | 07/12/2011

Empresa responsável pelo elevador não tinha registro no Crea-RS

Um acidente com o aparelho matou Zeli da Silva Matos, de 80 anos.

O acidente ocorreu em uma Igreja Adventista de Porto Alegre

Foto: Correio do Povo/Reprodução

O acidente ocorreu em uma Igreja Adventista de Porto Alegre. O Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio Grande do Sul (Crea-RS) afirmou que a empresa responsável pela instalação do elevador na Igreja Adventista da rua Roque Calage, na Capital, não tinha registro no órgão. Um acidente com o equipamento matou de Zeli da Silva Matos, de 80 anos, na manhã de sábado. O Crea-RS já havia detectado a irregularidade em maio, quando a empresa responsável pelo elevador oferecia serviços em Guaíba. Na época, no entanto, os fiscais perderam o rastro da companhia. Os responsáveis foram identificados pelos nomes no contrato com a congregação religiosa. Segundo o Crea-RS, o projeto técnico do aparelho não está assinado por um engenheiro, constando apenas uma rubrica. O órgão irá acompanhar o inquérito na Polícia Civil, que aguarda os laudos do Instituto-Geral de Perícias (IGP) sobre o acidente.

Fonte: Diário de Canoas


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: