Publicado por: jSaggiomo | 26/12/2011

Elevador de deficiente é tomado por usuários comuns

Angelo quis usar máquina elevatória no Metrô, mas ela foi tomada por pessoas comuns. Acabou na delegacia. Fotógrafo consagrado, ganhador de prêmio internacional, Angelo Maciel, de 48 anos, sofreu grave acidente de automóvel. Ficou com sequelas no pé esquerdo. Depois, contraiu doença séria nos ossos. Precisou pôr uma prótese no ombro esquerdo, mas uma infecção hospitalar a inviabilizou. Hoje usa uma haste metálica e luta contra um quadro infeccioso.

Maciel anda devagar, com dificuldade. Precisa se apoiar numa bengala. Na manhã do último dia 9, tentou entrar no elevador exclusivo da Estação Pinheiros do Metrô. Não conseguiu. Estava lotado de pessoas comuns. Nenhuma era portadora de necessidades especiais. O fotógrafo aposentado discutiu. Brigou por seus direitos.

Não era para menos. Uma placa na frente da máquina elevatória não deixa dúvidas. O espaço é de uso exclusivo de deficientes, idosos e mulheres grávidas, conforme o Decreto Federal 5296/04. “Já que não me deixaram entrar, pus minha bengala na porta do elevador e disse que ninguém  sairia dali”, relatou Maciel.

Houve empurra-empurra e a confusão acabou na Delegacia do Metropolitano. “Não fui agredido, mas levado de camburão para a polícia. Só cheguei em casa no início da noite”, lembrou o fotógrafo. 

Metrô versus CPTM/A Estação Pinheiros do Metrô é administrada por um consórcio privado, o ViaQuatro. O Metrô informou que a empresa deveria se manifestar sobre o assunto. Na ViaQuatro, a explicação é de que a parte de cima da estação, que faz ligação por meio de uma rampa com a estação de trem, é de responsabilidade da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

A explicação é confusa. A CPTM mantém elevadores exclusivamente para deficientes e portadores de necessidades especiais, mas nos andares inferiores os mesmos elevadores, que dão para os trens da linha 4 e são usados também pelo Metrô, só “preferencialmente” devem ser usados por  deficientes, idosos e mulheres grávidas.

Ou seja, pessoas comuns entram sem problemas nos elevadores exclusivos, na parte inferior da estação de integração, embora não deveriam acessá-los no setor superior. Na confusão, sem  controle, quem necessita tem de esperar.  

Pessoas comuns lotam máquinas elevatórias
Apressados,  passageiros comuns apertam o passo e formam fila na frente do elevador exclusivo para deficientes, idosos e mulheres grávidas, na estação de integração de Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo.

A maioria não quer conversar com o repórter. “Estava vazio. Se tivesse alguém, eu dava o lugar”, desconversa um jovem que não quer se identificar. “Qual é o problema?”, procura intimidar.

Não há funcionários orientando  na frente da máquina elevatória, nem catraca para restringir  a entrada a portadores de necessidades especiais. Todos entram.

O fotógrafo Angelo Maciel não se conforma. Diz a um idoso que ele tem o direito de passar na frente e não ficar atrás dos outros. Ele cria coragem e vai.

A operadora de caixa Leidiana Barroso, de 24 anos, sente-se incomodada com a bronca de Maciel e sai do elevador. Foi de escada, embora tivesse a opção da escada rolante.

Operadora de telemarketing, Maria da Conceição Ramos, de 48, dá a seguinte explicação para o uso do elevador exclusivo: “Sou idosa”. Com 48 anos? “Estou a caminho de ser idosa”, insistiu. Ela usou o equipamento.

Wagner Moraes, de 30, consultor de relacionamentos, chega na porta do elevador com um amigo, carregando uma caixa. É advertido de que o espaço é de uso exclusivo. Não cede. “Estou com essa carga pesada e vou usar o elevador. Não tenho remorso”, diz ele, ao entrar na máquina.

Fonte: Rede Bom Dia / ivo.patarra@diariosp.com.br


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: