Publicado por: jSaggiomo | 31/08/2012

Elevador que caiu passou por vistoria há 23 dias, diz diretoria dos Correios

Equipamento fica no prédio de uma agência, no centro de Bauru, SP. Prefeitura deu prazo de 10 dias para a regularização de alvará anual.

Um elevador do prédio dos Correios despencou do quarto andar com uma pessoa dentro, na manhã de quarta-feira (29), em Bauru, SP. Para ajudar prevenir acidente, os usuários podem avaliar a situação dos equipamentos e também da estrutura do prédio. Segundo os Correios, o elevador está com os laudos em dia e que a última manutenção foi realizada há 23 dias.

“Aviso aos passageiros. Antes de entrar no elevador verifique se o mesmo encontra-se parado neste andar”. Essa é uma frase que faz parte de uma lei estadual e é bastante conhecida pelas pessoas que utilizam o elevador com frequência. “Cabe ao síndico escolher um empresa que possa periodicamente fornecer o laudo e fazer uma inspeção para tornar mais seguro”, disse o engenheiro Cláudio Vidrh.

A inspeção para verificar se o equipamento está em ordem é feita pelo Corpo de Bombeiros. “É de suma importância a verificação e vistoria para que todos trabalhem de uma forma mais segura, sabendo que o prédio está seguro com incêndio e emergência”, informou o tenente Damiati.

Sem o acompanhamento adequado aumenta o risco de acidentes, como o ocorrido no prédio dos Correios. Um funcionário da agência estava dentro do elevador na hora que ele despencou. O sistema de segurança foi acionado e, apesar do susto, o homem não ficou ferido.

O Corpo de Bombeiros afirmou que não recebeu a solicitação de vistoria do edifício por parte dos Correios. É função da prefeitura fiscalizar se os prédios públicos estão com as licenças em dia para funcionar. “A prefeitura já notificou a instituição para a apresentação desse laudo técnico de regularidade e vai as condições pra poder essa situação ser cumprida”, afirmou o secretário de Planejamento, Rodrigo Said.

Em nota, a secretaria municipal de Planejamento informou que notificou os responsáveis pelo prédio dos Correios, localizado na Praça Dom Pedro II para apresentação do laudo de segurança do elevador, cuja providência é de responsabilidade da empresa instaladora. Em caso de descumprimento da determinação dentro do prazo de dez dias, o responsável fica sujeito à multa de R$ 1.064,10, além de outras penalidades, como a interdição do serviço.

Já os Correios disseram que os elevadores do prédio atendem a legislação vigente em relação a esse tipo de equipamento e que existe contrato com uma empresa privada para manutenções preventivas e corretivas. Afirmou ainda que a manutenção preventiva é mensal e a mais recente foi realizada no dia 7 de agosto deste ano, e as corretivas acontecem sempre que necessário. Quanto ao alvará, que é documento de vigência anual expedido pela prefeitura, os Correios estão em processo de regularização.

Elevador parou bruscamente e depois despencou.  (Foto: reprodução/TV Tem)
Elevador parou bruscamente e depois despencou (Foto: Reprodução/TV Tem)

Fonte: G1 – Bauru/Marília

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: