Publicado por: jSaggiomo | 11/09/2012

Em SP 20 mil elevadores estão irregulares, segundo Contru

Segundo Contru, outros 9.000 equipamentos ainda não entregaram relatório anual de inspeção

Elevadores teriam sido instalados mesmo sem autorização do Contru / Shutterstock
Elevadores teriam sido instalados mesmo sem autorização do Contru

O simples trajeto de subir e descer pode ser arriscado em 22,7% dos elevadores de São Paulo. Dos 88 mil equipamentos em operação, 20 mil estão irregulares ou sem cadastro no Contru (Departamento de Controle do Uso de Imóveis), órgão municipal responsável pela fiscalização e liberação de elevadores.  A estimativa é do Seciesp (Sindicato das Empresas de Elevadores do Estado de São Paulo). “Existem indústrias e comércios de pequeno porte que, muitas vezes, instalam o elevador e não o registram junto à prefeitura”, diz o diretor da entidade Max dos Santos.

É classificado como irregular o elevador que não está registrado junto ao Contru. Para regularizar a situação são necessários dois alvarás: um de instalação, que autoriza a empresa a montar o equipamento, e outro de funcionamento, concedido após a sua instalação. Em 21 de agosto, o dono de uma loja de bolsas, sua esposa e um funcionário ficaram feridos após caírem do elevador instalado no estabelecimento, localizado na rua Tiers, no Pari.  Na semana passada, o Contru concluiu que o equipamento não está registrado. Ainda assim, continua funcionando. “Já pedimos para regularizar a situação. O elevador continua funcionando”, disse ao Metro uma funcionária que não quis se identificar. Embora a maioria dos elevadores esteja regular, muitos não passam por manutenção. Segundo o Contru, 4 mil condomínios da capital não entregaram neste ano o RIA (Relatório de Inspeção Anual), que atesta a “saúde” dos elevadores. O número equivale a cerca de 9.000 elevadores de prédios, shoppings, hospitais, escolas ou teatros. “Em casos de acidente, fica difícil cobrar a responsabilidade”, afirma o diretor do Seciesp. O Contru diz que fiscaliza e cobra a regularização dos elevadores da capital.

Fonte: Band.com.br
Marcela Spinosa, do Metro SP noticias@band.com.br


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: