Publicado por: jSaggiomo | 18/06/2013

Prédio residencial mais alto do mundo fica sem elevador


Vista do alto do Princess Tower, em Dubai, que tem 413 metros de altura e 107 andares

Moradores de edifício de luxo precisam subir até 97 andares de escada, em apartamentos que custam até R$ 13 milhões. SÃO PAULO – Proprietários milionários dos apartamentos do prédio residencial mais alto do mundo estão diante de uma rara oportunidade de perceber a falta que faz um elevador quando se mora nas alturas.

Eles estão sendo obrigados a subir pelas escadas até 97 andares por causa de uma pane nos elevadores na semana passada. O luxuoso Princess Tower, em Dubai, tem 413 metros de altura e 107 andares, destacando-se na paisagem pela sua torre em formato de abóbada.

Inaugurado em setembro do ano passado, o prédio tem apartamentos de luxo de até R$ 13 milhões, e quartos de dois dormitórios em um flat com diárias de R$ 950,00. Um  incêndio no piso 96 provocou uma inundação nos poços dos oito elevadores do edifício, e todos estão parados sem previsão de voltar a funcionar. Os moradores estão sendo desafiados a mostrar que estão em forma ao enfrentar as escadas, mas muitos estão optando por hotéis.

Os trabalhos de reparação ainda está em curso, mas as peças do elevador precisaram ser importadas da Finlândia, segundo reportagem do jornal britânico Daily Mail. Muitos dos moradores da torre de apartamentos mais alta do mundo, segundo o Guinness World Records, são britânicos. O percurso que eles precisam fazer para chegar ao topo do edifício equivale a um terço da escalada da montanha Ben Nevis, a mais alta do Reino Unido. O edifício tem seis níveis no subsolo e 101 de nível acima do solo.

O Princess Tower tem 763 apartamentos de luxo, oito lojas gigantes e vista para a Palm Jumeirah, a ilha artificial em forma de palmeira onde David Beckham e Brad Pitt compraram casas de luxo. Mas, apesar do luxo, os moradores estão convivendo com dores de cabeça comuns a moradores de prédios antigos. Após um vazamento de água persistente, os elevadores tiveram de ser fechados.

Um elevador de serviço está disponível, mas só vai até o 50º andar. A empresa que administra o prédio diz que o vazamento que provocou a inundação foi causado pela água do sistema de proteção contra incêndio, devido a uma mangueira de incêndio defeituosa. Água da mangueira entrou no poço do elevador dos moradores, inundando-os e levando-os a ser desligado.

Um morador, que vive no andar 78 disse ao Daily Mail: "Eu vim para casa depois de um dia duro de trabalho e disseram que eu teria que caminhar até o meu apartamento no 78 º andar". Sem acreditar no que ouvia, ele hospedou-se em um hotel.

Os administradores estão apurando as cláusulas do contrato para saber quem vai pagar o prejuízo, que certamente vai incluir muitas diárias de hotel, além do risco de desvalorização dos apartamentos. "Pedimos que todos os residentes que fiquem vigilantes com torneiras e chuveiros em seus apartamentos, pois sabemos que as implicações para os sistemas de construção podem ser muito graves em caso de vazamentos de água", alertaram os administradores. Um porta-voz Kone Elevadores disse: "Nós temos engenheiros no local 24 horas por dia desde o diz do vazamento".

Fonte: Estadão


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: