Publicado por: jSaggiomo | 08/07/2013

Pai de criança de acidente em escada rolante deve ser indiciado

Funcionário que fazia a manutenção no Shopping Total também pode ser responsabilizado.

O pai do menino que teve três dedos amputados depois de ficar com a mão presa numa escada rolante do Shopping Total, em 2 de abril, e um funcionário do centro de compras devem ser indiciados por lesão corporal culposa, quando não há a intenção de causar o dano. Segundo a  titular da 17ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, delegada Carmen Kátia Régio, o inquérito deve ser encaminhado na semana que vem ao Judiciário. 
Laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP) apontou falhas na operação da escada rolante. Entre elas o fato de o equipamento seguir funcionando mesmo ao detectar um obstáculo. O funcionário da empresa que responde pela manutenção da escada garantiu que o trabalho ocorre mensalmente e que o último procedimento antes do acidente havia sido feito no dia 14 de março.
Na noite do incidente, o menino de quatro anos, em um momento de distração dos pais, tentou subir a escada no sentido contrário, caindo e prendendo a mão na lateral do equipamento. Para a delegada, o pai não deve ser condenado porque o Judiciário deve entender que a dor pelo acidente é uma punição maior que qualquer outra prevista pela legislação. Já o funcionário do shopping pode pegar de dois meses a um ano de prisão, sendo que o regime inicial de cumprimento da pena pode ser o aberto.

Fonte: Correio do Povo


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: