Publicado por: jSaggiomo | 17/03/2014

Depois de morte, Sucom interdita elevadores de shopping


Elevador de serviço estava com defeito nas travas da porta,
conforme a Sucom

A prefeitura de Salvador, por intermédio da Secretaria de Urbanismo e Transporte, interditou, nesta sexta-feira, 7, todos os elevadores do Shopping Itaigara, entre eles o de serviço, onde a funcionária da rede de fast-food McDonald’s, Valdicéia de Jesus Pereira, caiu. Ela morreu dois dias depois no Hospital Geral do Estado (HGE).

Segundo a Sucom, a direção do Shopping Itaigara teve uma "atitude hostil" com os fiscais da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo (Sucom). Ainda de acordo com o órgão, um defeito nas travas da porta do elevador de serviço  pode ter causado o acidente que vitimou a funcionária no último sábado, 1º de março.

Valdicéia morreu, na segunda, 3, após ficar internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HGE. A funcionária caiu do primeiro andar, onde fica o quiosque em que trabalhava, quando foi pegar o elevador para buscar materiais que estavam estocados no depósito do McDonald’s, localizado no subsolo. Ela não teria percebido a ausência da cabine quando a porta se abriu.

De acordo com a Sucom, mesmo após o acidente, o elevador do shopping continuava, nesta sexta, em operação, apresentando mal funcionamento nas travas da porta. O órgão também informou que, durante a inspeção, para avaliar as condições operacionais dos elevadores do estabelecimento, a equipe de fiscalização teve o trabalho dificultado e informações sonegadas pelos administradores do centro de compras.

Em nota enviada à imprensa, o secretário municipal de Urbanismo e Transporte, José Carlos Aleluia, repudiou "a atitude hostil da administração do Shopping Itaigara com os fiscais da Sucom". "É inadmissível a manutenção deste elevador em funcionamento depois da tragédia que vitimou uma jovem trabalhadora. Por isso, este elevador está sendo interditado", disse.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação do Shopping Itaigara, que negou ter omitido informações. Sobre o defeito da porta, a assessoria de imprensa informou que vai aguardar o pronunciamento da empresa responsável pelo elevador, a Otis.


Funcionária caiu do primeiro andar do shopping (Foto: Joá Souza/ Ag. A TARDE)

Fonte: A Tarde / Agecom

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: